Pular para o conteúdo principal

As pessoas estão perdendo interesse em programar?


Preocupado com o futuro da indústria de jogos, o empresário Ian Livingstone quer que as crianças aprendam linguagem de computador desde pequenas.
As empresas de jogos inglesas lucram até 2 bilhões de libras no mundo todo, mas os videogames estão cada vez mais difíceis de se programar. Os produtores agora se perguntam onde descobrir novos talentos.
"As crianças aprendem, durante do ensino básico até a universidade, a usar o Word, Power Point e Excel. Aprendem a utilizar softwares e aplicativos, mas não sabem como criá-los", diz Livingstone. "É a diferença entre ler e escrever. Nós as estamos ensinando a ler, mas não a escrever. Estamos criando uma geração de 'analfabetos digitais'".
Com toda essa preocupação, Livingstone está fazendo uma campanha para a ciência da computação ser uma matéria no currículo escolar do Reino Unido. Até a Associação para o Entretenimento Interativo do Reino Unido (Ukie, na sigla em inglês) apoia a causa e acha que a falta dessa disciplina nas escolas está causando grande impacto nas indústrias digitais.
"A falta de habilidade é uma ameaça não só para o futuro da indústria de videogames, mas também para todas as indústrias que tem a tecnologia computacional como núcleo", disse Daniel Wood, da Ukie. "Algumas companhias (no Reino Unido) estão recusando trabalho porque não têm pessoal suficiente com boa formação. E o quadro está piorando".
Contudo, o que não falta são cursos universitários: 84 instituições oferecem 228 cursos sobre o tema. Mas poucos deles oferecem o que a indústria precisa; muitos cursos deixam por desejar. A preocupação atual é de que as universidades estão mais preocupadas em atrair alunos do que com a qualidade do curso. E se isso ocorre no Reino Unido, imagina em outros países.
Uma solução seria colocar computadores mais simples na sala de aula. Quando os computadores são básicos, as crianças os entendem melhor e começam mais cedo a mexer com eles. "Há uns 20 anos um computador simples que era novidade em sala de aula podia ser levado para a casa, e as crianças criavam o interesse em programar", disse Livingstone.
A Fundação Raspberry Pi quer trazer isso de volta. Eles estão criando um pequeno aparelho chamado Raspberry Pi que é um computador "espremido" em um pequeno circuito, do tamanho de um disco USB. Ele custa cerca de 15 libras e pode ser espetado na TV com a intenção de fazer um computador barato e simples, para que qualquer um seja capaz de programar.
O cenário que os especialistas pintam não deve ser assim tão desesperador; faltando ou não mão-de-obra nesse mercado, aposto que a ideia dos computadores na escola iria agradar a maioria da molecada.[BBC]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br