Pular para o conteúdo principal

Oito segredos para montar uma nova empresa de tecnologia

A maioria das startups (empresas iniciantes) de tecnologia morre logo no primeiro ano de vida. Os motivos são muitos, mas estão, em grande parte dos casos, ligados à capacidade de gestão dos fundadores dessas companhias.

A partir dessa constatação, Bill Clark, CEO da Microventures – grupo norte-americano que trabalha com investimentos em empresas iniciantes da internet – escreveu um artigo no site Mashable no qual dá oito dicas para quem quer montar uma startup e ter sucesso em longo prazo:

Dica 1 – Tenha bons programadores
Clark destaca que é essencial ter alguém na equipe com um sólido conhecimento em programação e que possa implementar as ideias para um novo produto ou serviço. "Você precisa se assegurar que essa pessoa já criou sites com requisitos similares a seus objetivos", pontua.
Ele lembra ainda que problemas de programação são um dos principais itens que atrasam o lançamento de um empreendimento na internet.

Dica 2 – Lance o produto rapidamente
Quando as pessoas querem lançar um produto ou serviço inovador, a todo momento, surgem novas ideias de funcionalidades que podem ser adicionadas a ele. "No entanto, isso pode atrasar o lançamento", aponta o especialista, que considera a perda de tempo como algo fatal para qualquer startup.

Ele aconselha que as pessoas façam o lançamento do produto ou serviço com suas principais funcionalidades e, depois, acrescentem ferramentas ou adequem os recursos necesssários, inclusive, a partir de opiniões dos próprios usuários. "Se você está inseguro sobre lançar algo, deixe os clientes saberem que é uma versão beta e que eles podem esperar melhorias em breve", indica Clark.

Dica 3 – Identifique os usuários
Antes de colocar qualquer produto no mercado, as startups precisam estar certas de que, realmente, entendem as necessidades dos seus clientes. "Você pode assumir que os clientes potenciais estão procurando sua solução em particular para descobrir, depois do lançamento, que ela é muito cara ou não é adequada às necessidades dos usuários", informa o consultor.

Assim, ele aconselha que é necessário dedicar algum tempo para entender exatamente o que os clientes desejam e quanto eles estão dispostos a pagar por isso.

Dica 4 – Não se foque em um pequeno nicho
Resolver um problema de um grupo específico de usuários não é uma má ideia para se diferenciar da concorrência, no entanto, pode não gerar volume suficiente de usuários para trazer receitas para a startup. O mais interessante é encontrar um nicho de mercado onde o produto ou serviço possa ser interessante, mas que também tenha uma escala de venda que justifique a operação.

Além disso, Clark aconselha que o ideal é buscar outros nichos de mercado que possam se interessar pelas soluções oferecidas pela empresa e que só demandem pequenos ajustes da ideia original.

Dica 5 – Levante o dinheiro necessário para começar
"Como a maioria das startups sabe, determinar quanto de dinheiro é preciso levantar [para começar o negócio] é difícil", ressalta o especialista, mas ele considera que definir isso representa um passo essencial. Para chegar a um valor adequado, deve-se considerar possíveis problemas que ocorrerão no meio do caminho até o lançamento do produto e, caso precise de um investidor, o custo total precisa ser muito bem justificado, inclusive com as previsões de retorno sobre o investimento inicial.

Dica 6 – Não desperdice dinheiro
Por mais que isso pareça meio óbvio, nem sempre as startups se dão conta de que estão desperdiçando dinheiro todo dia. Como? Gastando muito mais do que o necessário em ferramentas que poderiam ser adotadas em um segundo momento ou comprando coisas que não trarão os resultados esperados. Para evitar isso, o ideal é terceirizar o máximo de atividades possíveis, com o intuito de não ter de fazer um investimento inicial muito alto.

"Uma área na qual as startups costumam desperdiçar dinheiro é contratando muitos funcionários rapidamente", explica Clark. A solução para isso é tentar trocar a contratação de profissionais pelo uso de trabalhadores temporários.

Dica 7 – Tenha múltiplos co-fundadores
Uma startup pode consumir muito tempo, mais do que isso, exige competências diversas e que, dificilmente, uma pessoa sozinha conseguirá suprir. Assim, o ideal é ter sócios com conhecimentos e vivências complementares.

Uma empresa de internet, por exemplo, deveria ter fundadores com conhecimentos técnicos, de design e de negócios. "Você até pode reunir todos esses requisitos, mas não terá tempo no dia para assumir todas as responsabilidades", aconselha.

Dica 8 – É tudo ou nada
Por fim, Clark diz que quem quer ter uma startup de sucesso precisa estar ciente de que precisará investir muito tempo e esforço nela. Ele lembra que, ao contrário de empresas já consolidadas no mercado, em uma companhia iniciante não é possível que as coisas sejam resolvidas no dia seguinte. Ou seja, para ser fundador de uma startup é necessário estar preparado para, durante algum tempo, ficar 100% dedicado a ela, o que significa abrir mão da vida pessoal e da diversão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br