Pular para o conteúdo principal

6 alternativas gratuitas para editar seus vídeos


Quando o assunto é edição de vídeo, é difícil achar bons aplicativos, com todos os recursos necessários para ter um resultado final agradável, sem desembolsar nada por isso. Diante dessa situação, a equipe doDownload da Hora separou algumas alternativas para você conseguir editar seus vídeos gratuitamente com toques de profissionalismo.

VirtualDub

VirtualDub é um software com o poder de ferramentas comerciais caras. Ele captura vídeo e é compatível com a maioria das placas e dispositivos para esse fim. O programa faz conversões, aplica filtros e legendas, elimina áreas da imagem no vídeo e codifica áudio e vídeo separadamente. Durante processo, é possível ver os resultados na tela com duas imagens: antes e depois.
O VirtualDub pode ser usado como servidor para outras aplicações. Todas as funções cabem em cerca de 1 MB, o tamanho do software, que é um prodígio de programação. O site do VirtualDub, mantido pelo autor Avery Lee, ainda conta com um extenso banco de dados com dicas de uso e links para filtros adicionais.

Windows Live Movie Maker

O Windows Live Movie Maker é para quem começa a brincar com edição de vídeos. Ele é dono de uma interface intuitiva e tem apenas funções básicas de edição de vídeos. Nele, o usuário encontra diversas ferramentas para editar vídeos capturados por câmeras comuns e de celulares, juntar cenas de mais de um vídeo, cortar partes indesejadas e aplicar legendas.
O programa oferece várias opções de efeitos. São cerca de 20 efeitos visuais, 18 modos de zoom e 60 transições. Esses recursos oferecem poucas configurações. No entanto, elas estão bem localizadas na interface do programa e são simples de aplicar. Outro grande lance do programa é um recurso chamado AutoMovie. Este recurso entrega o vídeo prontinho com transições, cortes e efeitos.
O aplicativo é gratuito e roda apenas no Windows Vista e no Windows 7. Ele trabalha com os formatos de vídeo WMV, Windows Media, DV-AVI, 3GP e 3GPP, MPEG-1 e MPEG-2, JPEG, Motion, TIFF, GIF, BMP, PNG, QuickTime, AVCHD e MPEG-4. Estes três últimos só funcionam na versão para Windows 7. Depois de criar um vídeo, o internauta pode usar o Windows Live Movie Maker para publicar o arquivo no YouTube.

Free Video Dub

O Free Video Dub é uma ferramenta para edição básica de vídeo. Isso porque a única funcionalidade disponível de edição do Free Video Dub é corte de vídeos.
O funcionamento é extremamente simples, basta realizar uma seleção do espaço a ser cortado e utilizar os botões localizados abaixo de onde a imagem do vídeo é exibida para realizar os recortes.
Porém, o programa não suporta certas codificações de vídeo, como é o caso dos vídeos de alta resolução que utilizam o codec H.264. Outros formatos não aceitos são o WMV e o MOV.

Avidemux

O Avidemux é um software para edição de vídeos com suporte a formatos como AVI, MPEG e MP4. A interface do programa é simples e permite que até usuários sem conhecimento na área de vídeo consigam se virar e fazer desde cortes a conversões básicas.
O software apresenta a possibilidade de mudanças na compactação e configuração de vídeo e de áudio. Para facilitar o uso, o Avidemux vem com algumas predefinições para conversão do vídeo. Se o usuário deseja que o AVI seja ajustado para ser gravado em DVD, o software faz os ajustes que satisfaçam este objetivo.
Outras definições que o programa apresenta são para conversões para iPhone, iPod e até para vídeo CD.

VideoSpin

VideoSpin é um editor de vídeos com o qual é possível trabalhar com um sistema não linear de edição, com ferramentas práticas para a realização de cortes e bem rápidas de usar. Trata-se de uma ótima opção para quem deseja aprender a editar e precisa de uma ferramenta descomplicada.
A interface do VideoSpin é bem moderna e atraente. Ela dispõe de uma timeline semelhante a de editores profissionais. Além disso, há como adicionar efeitos de transição, músicas, efeitos, textos, sonoplastia, entre outras opções.
Quem precisa de uma ferramenta mais profissional, pode encontrar algumas limitações no VideoSpin. Por exemplo, os efeitos de transição disponíveis não são muito bons, e existe apenas uma trilha de vídeo disponível na linha do tempo.

Lightworks

Lightworks é um editor de vídeos com recursos avançados e várias possibilidades para quem precisa de bons resultados sem precisar pagar por isso. O software, que agora é de código aberto, ficou conhecido por ser usado em produções cinematográficas de Hollywood.
O Lightworks existe desde 1989 e sempre se destacou por ter uma interface intuitiva, com sincronização em tempo real e funcionalidade de edição por múltiplas câmeras. Além disso, o software consegue trocar dados com outros editores, como o Final Cut.
Porém, usuários iniciantes podem encontrar dificuldade em usar o Lightworks. Isso proque ele traz uma experiência diferente de edição de vídeo. Ele dispõe de uma quantidade enorme de parâmetros técnicos. Porém, as janelas são ajustáveis e as ferramentas – apesar de ter um funcionamento diferente – são bem flexíveis. Dessa forma, o usuário pode montar a interface que quiser.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br