Pular para o conteúdo principal

Resumo do dia: iPhone 5, Ipod Touch, Ipod Nano, iOS 6, e outras coisas lançadas hoje pela Apple

iphone 5 capa


Apple anunciou na tarde desta quarta-feira a sexta geração do seu smartphone, o tão esperado iPhone 5. 

Lançado em um evento realizado em São Francisco (EUA), o aparelho confirmou grande parte dos rumores divulgados pela imprensa de tecnologia. O dispositivo contará com tela maior (de 3,5 para 4 polegadas), chip A6 (duas vezes mais rápido), um conector menor (9 pinos, 50% menor) e conexão 4G.

A tela terá resolução de 640 por 1136 pixels, ficando com 326ppi e tecnologia Retina Display. Também foram feitas melhorias na resolução das cores, que agora terão 44% a mais de saturação.

Pelo fato da tela ser maior, alguns apps terão duas faixas pretas nos cantos. Isso acontecerá porque nem todos foram adaptados para a nova resolução - é algo parecido com o que acontece quando você assiste um programa que não é widescreen em uma tela widescreen.

A bateria também foi reformulada. Phil Schiller, vice-presidente de marketing da Apple, subiu ao palco e explicou que a vida útil da bateria será de 8 horas de uso de 3G e 4G, 10 horas de wireless, 10 horas de filmes, 40 horas de música e 225 horas em standby.

Reprodução

O novo iPhone foi construído em uma peça única de alumínio, à moda dos MacBooks. O dispositivo também ficou 18% mais fino que o modelo anterior, com 7,6mm, e mais leve (112 gramas contra 140g do iPhone 4S). Ele será vendido em duas cores - preto e branco.

Já o novo processador A6 será 22% menor e supostamente contará com o dobro da velocidade da versão anterior. A memória passou para 1GB de RAM. Ele também tem conexão 4G LTE, como era bastante esperado, e algumas operadoras pelo mundo oferecerão o telefone compatível com as suas redes de quarta geração.

A câmera ganhou algumas novidades e tira fotos com 40% mais velocidade do que a do 4S. Um novo modo, chamado Panorama, permite juntar diversas imagens em uma única de 28 megapixels. A câmera frontal agora grava em 720p. Como foi especulado nos últimos tempos, o conector de 30 pinos usado pela Apple desde 2003 foi abandonado. O novo dock chamado Lightning é 80% menor do que o anterior e pode ser usado dos dois lados. Para quem tem acessórios de 30 pinos, a Apple lançará um adaptador para o novo conector.

Reprodução

iOS 6 

Em relação ao sistema móvel, a Apple voltou a falar sobre o app nativo de mapas que vai substituir o Google Maps. As informações são as mesmas apresentadas durante a WWDC em junho, quando a nova versão do sistema móvel foi anunciada. O Passbook, uma espécie de carteira virtual, também voltou a ser comentado pela empresa, mas sem grandes novidades em relação ao que foi dito na WWDC.

O Siri, assistente digital do telefone, ganhou novos recursos. Um deles é a possibilidade de perguntar ao telefone resultados de jogos - ele faz uma busca na internet e diz o placar de uma partida de futebol americano, por exemplo.

A grande novidade é que o Siri agora atualiza o seu status no Facebook. Fale para ele o que você quer compartilhar na rede social que o software faz o post para você.

O iOS 6 será disponibilizado para todos os usuários do iPhone 4S, 4, 3GS, para o novo iPad, iPad 2 e iPod Touch de quarta geração a partir do dia 19 de setembro - na próxima quarta-feira.

Disponibilidade

O preço é o mesmo cobrado pela Apple pelo iPhone 4S. O modelo mais básico, com 16GB, custa US$ 199, enquanto o de 32GB sai por US$ 299 e o de 64GB sai por US$ 399 - isso em contrato de dois anos com as operadoras dos Estados Unidos.

Reprodução 

O iPhone 4 de 8Gb agora sai de graça com um contrato de dois anos, enquanto o iPhone 4S de 16GB custa US$ 99. Ele será lançado no dia 21 de setembro nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Alemanha, Austrália, Japão, Hong Kong e Singapura. Mais 100 países devem receber o smartphone até o fim do ano - o Brasil deve estar incluído nessa lista.

Apple disponibilizou um vídeo de apresentação do novo smartphone em seu site oficial

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br