Pular para o conteúdo principal

Raspberry Pi — O computador de bolso


A idéia apare­ceu em 2006, quando alguns ami­gos do Lab­o­ratório de Com­putação da Uni­ver­si­dade de Cam­bridge se jun­taram para criar um com­puta­dor barato para ser usado como fer­ra­menta de ensino. A idéia era um com­puta­dor extrema­mente acessível e que ini­ci­asse dire­ta­mente em um ambi­ente de pro­gra­mação. Em 2008 eles cri­aram a Rasp­berry Pi Foun­da­tion para trans­for­mar este pro­jeto em real­i­dade. Depois de 3 anos e alguns pro­tóti­pos nasceu a Rasp­berry Pi.
raspberrypi2 Raspberry Pi   O computador de bolso
A Rasp­berry Pi é um com­puta­dor do tamanho de um cartão de crédito, ven­dida em dois mod­e­los difer­entes. O mod­elo B custa $35, tem duas por­tas USB 2.0, saí­das de áudio e vídeo (Com­pos­ite e HDMI) e inter­face Eth­er­net. O mod­elo A é mais barato, custa $25, mas com­parado ao mod­elo B só tem uma porta USB e não tem inter­face Ethernet.
raspi blue white Raspberry Pi   O computador de bolso
Rasp­berry Pi mod­elo B
Os dois mod­e­los tem 256MB de RAM, mon­tado através da téc­nica PoP (Package-on-Package), uma inter­face de cartão SD/MMC e um bar­ra­mento de 26 pinos com acesso à 8 GPIOs, UARTSPII2CI2S e JTAG.
O SoC usado na placa é o BCM2835 da Broad­com. É um ARM11 que roda à 700Mhz, com suporte à ponto flu­tu­ante e uma GPU capaz de decod­i­ficar vídeos em 1080p!
Mas você pode me per­gun­tar: justo a Broad­com, empresa famosa por fab­ricar chips MIPS e por difi­cul­tar bas­tante o tra­balho da comu­nidade Linux com seus chips Wi-Fi sem datasheet e seus dri­vers pro­pri­etários? Sim, ela mesmo!
O fato de um dos cri­adores do pro­jeto (Eben Upton) ser um dos arquite­tos da Broad­com é mera coincidência… :)
DOCUMENTAÇÃO
Na wiki do pro­jeto você deve encon­trar toda a doc­u­men­tação necessária, incluindo esquemáti­cos, guias de usuário, pro­je­tos exis­tentes, etc.
A Broad­com não lib­era o datasheet com­pleto do BCM2835. Se você quiser este datasheet, pre­cisa assi­nar um NDA com a Broad­com! Mas uma ver­são cobrindo pelo menos o hard­ware disponível na placa pode ser aces­sado aqui.
O esquemático com­pleto da placa (mod­elo B) esta disponível aqui.
Já os arquivos do pro­jeto da placa (BOM, ger­ber, PCD lay­out, etc) ainda não estão disponíveis. Por­tanto, ainda não podemos con­sid­erar a Rasp­berry Pi um pro­jeto de Open Hard­ware igual à Bea­gle­board por exemplo.
O fórum do pro­jeto tam­bém é bas­tante movi­men­tado, e pode ser aces­sado aqui.
PRIMEIROS PASSOS
Quando você com­pra a placa, você só recebe… a placa! Então se você quiser tes­tar alguma das dis­tribuições disponíveis para a Rasp­berry Pi, vai pre­cisar dos seguintes itens adicionais:
  • Um cabo micro USB para ali­men­tar a placa.
  • Um cartão SD para gravar o sis­tema operacional.
  • Um mon­i­tor ou uma TV com entrada HDMI ou com­pos­ite (RCA).
  • Um teclado e um mouse USB.
Já exis­tem diver­sas dis­tribuições disponíveis para a Rasp­berry Pi. Vamos fazer um teste com a Rasp­bian “wheezy”, uma ver­são otimizada do Debian wheezy com suporte à hard-float ABI. Isso sig­nifica que todo o sis­tema opera­cional (ker­nel, bib­liote­cas e apli­cações) foi com­pi­lado para aproveitar as instruções de ponto flu­tu­ante provi­das pela CPU, o que deve mel­ho­rar a per­for­mance de algu­mas aplicações.
Para insta­lar no cartão SD, basta baixar a imagem, descom­pactar e fazer um ddpara o cartão:
wget http://files.velocix.com/c1410/images/raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian/2012-08-16-wheezy-raspbian.zip
unzip 2012-08-16-wheezy-raspbian.zip.1
sudo dd if=2012-08-16-wheezy-raspbian.img of=/dev/sdX
Sub­sti­tua /dev/sdX no comando acima pelo nome do arquivo de dis­pos­i­tivo do seu cartão SD.
CUIDADO: o uso do arquivo de dis­pos­i­tivo errado pode apa­gar o seu HD!
O primeiro boot pode ser um pouco mais demor­ado, mas os próx­i­mos boots com inter­face grá­fica levam menos de 1 min­uto! Esta dis­tribuição usa o LXDE como geren­ci­ador de janelas, e vem com apli­cações educa­ti­vas como o Scratch e oSqueak.
raspbian1 Raspberry Pi   O computador de bolso
Rasp­bian rodando na Rasp­berry Pi
MEDIA CENTER DE BOLSO
Outra dis­tribuição inter­es­sante é a Raspbmc, que é baseada no Debian e usa o XBMC para trans­for­mar a Rasp­berry Pi em um media center.
Para insta­lar no cartão SD, é só baixar e exe­cu­tar um script de insta­lação provido pelo pro­jeto. Obs: você pre­cisa ter o python insta­l­ado na sua máquina.
wget http://svn.stmlabs.com/svn/raspbmc/testing/installers/python/install.py
chmod +x install.py
sudo python install.py
A imagem gravada no cartão é um insta­l­ador do Raspbmc. Coloque na Rasp­berry Pi, conecte-a à Inter­net e espere a insta­lação, que pode levar até 30 minutos.
Depois é só colo­car seu filme ou série favorita e cur­tir seu media cen­ter de bolso.
raspbmc Raspberry Pi   O computador de bolso
Game of Thrones rodando em 720p na Rasp­berry Pi
OUTRAS DISTRIBUIÇÕES
Exis­tem out­ras dis­tribuições inter­es­santes para a Rasp­berry Pi, den­tre elas:
  • Debian “wheezy”: é uma imagem idên­tica à Rasp­bian “wheezy”, mas ape­nas com suporte à soft-float ABI. Isso sig­nifica que as oper­ações de ponto flu­tu­ante são emu­ladas por soft­ware. Esta dis­tro deve ser usada quando você deseja usar alguma bib­lioteca que não suporta hard-float ABI como a JVM da Ora­cle.
  • Arch Linux ARM: baseada na dis­tribuição Arch Linux, voltada à usuários mais avançados.
  • QtonPi: dis­tribuição cus­tomizada para tra­bal­har com o Qt.
  • Open­ELEC: outra dis­tribuição para media cen­ters baseada no XBMC.
Uma lista mais com­pleta das dis­tribuições disponíveis para a Rasp­berry Pi pode ser aces­sada aqui.
COMPRANDO
Você pode com­prar a Rasp­berry Pi na Farnell/Element 14 ou na RS Com­po­nents.
A Far­nell Brasil esta man­tendo um estoque local de peças. Se você tiver sorte de encon­trar disponi­bil­i­dade em estoque, deve pagar em torno de R$180,00 e rece­ber a placa em 3 dias.
Caso con­trário, você pode impor­tar, mas dev­erá esperar algu­mas sem­anas para receber.
Não se esqueça de que só vem a placa! Se pre­cisar, com­pre tam­bém um cabo micro USB e um cartão SD de pelo menos 4G.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Gigantes da Indústria - Documentário

A América não foi descoberta, foi construída. Os nomes Rockefeller, Vanderbilt, Carnegie, Astor, Ford e Morgan são sinônimos do chamado "sonho americano". Eles desenvolveram uma visão ousada e criaram grandes indústrias que foram base para o progresso no mundo. São indústrias de combustível, estradas de ferro, aço, transportes, automóvel e finanças. Eles estabeleceram políticas econômicas, se envolveram em eleições presidenciais, e sua influência sobre os acontecimentos mais importantes do século passado é incalculável.


Gigantes da Indústria - Ep 1 Começa outra Guerra [History Channel HD]


Gigantes da Indústria - Ep 1 Começa outra...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria Ep 2 Encontrando Petróleo [History Channel HD]


Gigantes da Indústria Ep 2 Encontrando...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria - Ep 3 Nasce a Rivalidade [History Channel HD]


Gigantes da Indústria - Ep 3 Nasce a Rivalidade...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria - Ep 4 Derramamento de Sangue [History…