Pular para o conteúdo principal

Microsoft volta atrás nas políticas anti-cópia da Xbox One


Microsoft parece ter estado atenta a tudo o que se passou e foi dito depois o anúncio da sua Xbox One e anunciou que reviu um dos pontos mais criticados: as políticas anti-cópia da Xbox One. Depois de tantas críticas a Microsoft optou mesmo por alterá-las.

Xbox One

Uma atitude que deverá agradar a quem tinha a Xbox One debaixo de olho. Será o suficiente para corrigir o tiro e recuperar algum do avanço que a Playstation 4 ganhou graças a toda esta temática?

Quando a Microsoft oficializou a sua Xbox One houve um ponto que criou uma onda de revolta pelos fãs de jogos: as novas políticas anti-cópia da Xbox One obrigava-nos a manter a consola constantemente ligada à internet para verificação da licença. Além disso estas políticas, ou DRM, também iriam impossibilitar-nos de emprestar jogos sem custos inerentes. Pois bem, hoje a Microsoft decidiu pegar nessa politica e alterá-la de modo a que possa ser mais agradável para os jogadores.

Xbox One: a consola que obrigava-nos a ser egoístas

As novas políticas anti-cópia da Xbox One empregues pela Microsoft serão agora menos agressivas graças à alteração de dois pontos: o primeiro passa pela verificação da licença dos jogos só ser feita uma vez (o que permite-nos jogar sem termos a internet ligada); o segundo ponto passa por deixar-nos emprestar os jogos sem que os nossos amigos tenham de pagar uma taxa para os jogarem.
Curiosamente, esta decisão da Microsoft veio pouco tempo depois de um anúncio da Sony em que a empresa nipónica gozava com a Xbox One devido a esse mesmo ponto. Para referência deixo-vos o vídeo em questão já de seguida:
Esta decisão da Microsoft parece-nos mais acertada e de facto muito mais amiga de quem já gasta uma enormidade para poder comprar um jogo numa consola fixa. E vocês? O que acham? Será esta uma melhor postura por parte da Microsoft?
Fonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br