Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Esta ilha guarda os restos em decomposição da frota nuclear soviética

Em geral, as ruínas do passado são mantidas a uma distância segura do público – especialmente se forem radioativas. A ilha russa Kildin, no entanto, permite admirar de perto os equipamentos militares mais assustadores do passado, que agora enferrujam em sua própria decadência.

A ilha, localizada no Mar de Barents a 120 km da Noruega, guarda uma série de reatores usados e outras peças de submarinos nucleares soviéticos.

Tudo o que você está vendo nessas fotos são resíduos, espalhados acima do solo, de nível baixo ou intermediário de radioatividade. Resíduos de alto nível foram deixados em túneis, também na ilha, para armazenamento de longo prazo.

De acordo com um guarda costeiro soviético, que testemunhou o despejo dos restos nucleares na ilha em abril de 1991, o nível de precauções de segurança foi “escandaloso”. E este seria apenas um dos cinco “lixões nucleares” na costa norte da antiga URSS.

É estranhamente bacana ver a lenta decadência dessas façanhas militares, certamente impress…

Conheça a Circuit Scribe, uma caneta que pode mudar a forma de trabalhar com eletrônica

Sempre achei a eletrônica algo bem complicado, uma loucura entender e interpretar aquelas placas com milhares de circuitos. Porém, como a tecnologia voa nos dias de hoje, já era de se esperar que alguém iria mudar e simplificar a forma de fazer circuitos eletrônicos. Conheça a genial Circuit Scribe, uma caneta com tinta condutiva especial para desenhar e criar circuitos instantaneamente, utilizando um conceito de eletrônica plug-n-play. A idéia é fazer com que qualquer pessoa possa facilmente brincar e criar projetos com componentes eletrônicos, sem a utilização de placas lógicas. Veja como funciona, no vídeo abaixo: O projeto, que ainda está no KickStarter, arrecadou mais de 315 mil dólares até o momento. Um sucesso, já que os criadores só precisavam de 85 mil para começar os trabalhos.

Evidência científica de que sair com os amigos é importante para o homem

No mês passado, Robin Dunbar, professor da Universidade de Oxford (Reino Unido), cujas ideias sobre a sociabilidade humana são influentes no mundo acadêmico, apareceu em uma série de propagandas da cerveja Guiness em horário nobre no Reino Unido. Os anúncios contam com uma situação cultural familiar para os telespectadores de comerciais de cerveja do planeta todo: a felicidade e união que vêm com reuniões masculinas encharcadas de álcool. Os anúncios não pretendem levar os homens a fazer isso, já que eles se saem muito bem sozinhos nessa tarefa. Eles pretendem provar a importância do encontro, com Dunbar sendo a voz da autoridade científica. A propaganda busca proteger a prática milenar masculina de “tomar uma juntos” da ameaça com potencial destruidor das mensagens de texto, redes sociais e outras formas de comunicação eletrônica. O comediante e ator Danny Wallace, em um dos anúncios da série, coloca de forma sucinta: “A ciência diz: divirtam-se mais juntos, façam mais coisas”. Em outro …

Estação Espacial foi equipada com um canhão

Um canhão instalado no módulo japonês da Estação Espacial Internacional (ISS) já está operando. Calma, o canhão não dispara projéteis ou raios laser para proteger a Terra contra naves alienígenas. Ao invés disso, o objeto, chamado de J-SSOD (JEM Small Satellite Orbital Deployer) lança minissatélites, conhecidos como cubesats, em órbita para pesquisa e exploração espacial.

O módulo japonês da ISS, Kibo, está equipado com um braço robótico e uma plataforma exterior que pode ser usada para realizar experimentos em microgravidade e no vácuo do espaço. Foi com esse braço robótico – e o canhão J-SSOD anexado – que, no dia 19 de novembro, três cubesats foram lançados, com a ajuda do astronauta Koichi Wakata, da agência espacial japonesa JAXA, e de Mike Hopkins, astronauta da NASA.

O sistema foi previamente testado em outubro de 2012, com o lançamento de cinco minissatélites cubesats.

De acordo com a agência JAXA, os cubesats têm 10 centímetros de altura, largura e comprimento. No dia 19 de …

Dica de uso: seu cartão microSD tem muito mais serventia do que você imagina!

Caso você tenha algum cartão microSD por aí sem uso, veja a seguir como tirar o máximo proveito dele. Eles são pequeninos e fáceis de perder, possuindo capacidade bem além do seu diminuto tamanho. Porém, não há razão para não usá-los quando se pode fazer tanta coisa com eles. \ Tamanhos e usos Apesar de minúsculos, eles possuem um grande leque de capacidades e classificações. Existem os cartões comuns, chamados de SDSC; tem também os de alta capacidade, chamados de SDHC; e os de capacidade estendida, chamados de SDXC e que alcançam 2TB. Além disso, temos as classificações de velocidade. Os mais básicos são da chamada Classe 2, sendo capazes de transferir 2MB/s de dados. As classes vão aumentando até alcançar 10MB/s de velocidade.
Use um adaptador Os cartões microSD não possuem o termo "micro" à toa. Por isso, use um adaptador para evitar ter problemas ao tentar pegá-los numa mesa sem arrastá-los até a borda e derrubá-los no chão. Se bem que muitos deles já vêm com adaptador…

Usuários usam até calibre .50 para destruir PS4; veja vídeos

(Foto: YouTube)

Já é algo tradicional na internet: sempre que um novo produto ganha destaque, logo surgem vídeos com protagonistas abusando da criatividade para destruí-lo. E, enquanto no Brasil muitos lamentam o preço de R$ 4 mil do PS4, no resto do mundo há quem se divirta detonando o videogame lançado na última sexta-feira.

No Canadá, o cliente tem um acesso de fúria na frente da loja, joga o aparelho no chão e o destrói completamente; em outro caso, um usuário coloca o videogame no microondas e aprecia a “arte de ver um console pegando fogo”; outro grupo, por sua vez, aproveita o poder das supercâmeras para curtir, em detalhes, a potência de um rifle de 50 calibres destroçando o gadget.

Seja para lamentar, rir, ou ficar irritado com o desperdício, assista aos vídeos:


Os melhores vídeos do astronauta Chris Hadfield feitos na Estação Espacial Internacional

Durante muito tempo, a simples ideia de enviar um ser humano ao espaço era considerada futurista e, talvez, impossível. Hoje, existem pessoas que não apenas foram ao espaço, mas vivem lá – mais precisamente na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês). Com o passar dos anos, porém, a vida no espaço perdeu parte do seu encanto diante do público em geral, como se já tivesse virado “rotina”, e as questões mais imediatas (como os astronautas se alimentam, tomam banho, dormem, vão ao banheiro) já estivessem respondidas e não houvesse mais nada que despertasse o interesse das pessoas na Terra (as que não estão diretamente envolvidas com as missões, claro) – enquanto isso, missões como a da sonda Curiosity ou a busca por planetas extraterrestres “roubaram os holofotes”. Contudo, em janeiro deste ano, o comandante Chris Hadfield começou a partilhar com o público um pouco da vida na ISS: por meio de vídeos, tweets (inclusive com o cap. Kirk) e atualizações no Facebook – tudo co…

Demonstração do Xbox One

O canal oficial do Xbox no Youtube divulgou um vídeo onde Marc Whitten e Yusuf Mehdi demonstrando como é a nova interface do Xbox One, suas características e recursos. Como a troca de telas instantânea, login biométrico (apenas entre na frente da câmera do Kinect e ele irá te reconhecer), TV, Skype, gravação de vídeo em jogos. Share the post "Demonstração do Xbox One

20 coisas para lembrá-lo que você está ficando velho

Mais uma vez, você vai se identificar com algumas das coisas que estão aqui neste post. Confira e diga se lembra de alguma. 

Formatação de trabalhos acadêmicos no LibreOffice

Hoje resolvi escrever um post um pouco diferente, apresentando como pode-se formatar um trabalho acadêmico através do LibreOffice respeitando as Normas Brasileiras (NBRs) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Após muitos questionamentos vindouros principalmente de colegas de graduação, entendi a necessidade da elaboração de um material atualizado apresentando o caminho das pedras para quem deseja usar a ferramenta para criar seus trabalhos para Academia. No fim do post você encontra um vídeo demonstrando os principais passos apresentados nesta publicação. Margens De acordo com a NBR 14724:2011, as margens devem ser: para o anverso, esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm; para o verso, direita e superior de 3 cm e esquerda e inferior de 2 cm. Logo, para definir isto no LibreOffice, basta acessar o menu Formatar > Página…. Abrindo a janela para formatação de página no LibreOffice Nela, na aba Página, mude as Margens pelas já citadas do padrão da ABNT e…