Pular para o conteúdo principal

Windows e Linux: interoperabilidade ampliada com Linux Integration Services 3.5




Você sabia que Windows e Linux podem trabalhar juntos? A mais recente versão do Linux Integration Services, a LIS 3.5, amplia a interoperabilidade entre as duas plataformas tanto no âmbito corporativo como no de servidores, como parte da iniciativa Openness da Microsoft, que agora tem uma postura mais aberta em relação a operar em conjunto com outras plataformas e sistemas operacionais.

A solução amplia o suporte à distribuição Linux para incluir o Red Hat Enterprise Linux/CentOS 5.5 e 5.6, que são releases mais antigos, mas que muitos usuários ainda utilizam. Ela também traz recursos como memória dinâmica e backup de máquinas virtuais em tempo real para releases mais antigos da distribuição.

Os binários do LIS estão disponíveis para download como instaladores em RPM ou arquivos de imagem ISO, e podem ser acessados através do Technet ou de um repositório no Github.

Todo o código é licenciado pela GNU Public License v2, ou seja, desenvolvedores podem modificar e criar extensões para o serviço.

Interoperabilidade entre plataformas distintas


O LIS 3.5 suporta os seguintes sistemas:
Red Hat Enterprise Linux (RHEL) 5.5-5.8, 6.0-6.3 x86 e x64
CentOS 5.5-5.8, 6.0-6.3 x86 e x64

Eles são suportados em servidores nas seguintes versões do Windows:
Windows Server 2008 R2 Standard, Windows Server 2008 R2 Enterprise e Windows Server 2008 R2 Datacenter
Microsoft Hyper-V Server 2008 R2
Windows 8 Pro
Windows 8.1 Pro
Windows Server 2012
Windows Server 2012 R2
Microsoft Hyper-V Server 2012
Microsoft Hyper-V Server 2012 R2


Confira na tabela abaixo os recursos compatíveis com cada versão do Linux:

RecursoHyper-V VersionRHEL/CentOS 6.0-6.3RHEL/CentOS 5.7-5.8RHEL/CentOS 5.5-5.6
Disponibilidade LIS 3.5LIS 3.4LIS 3.5LIS 3.4LIS 3.5LIS 3.4
Core2012 R2, 2012, 2008 R2 
Networking 
Jumbo frames2012 R2, 2012, 2008 R2 
VLAN tagging and trunking2012 R2, 2012, 2008 R2 
Live Migration2012 R2, 2012, 2008 R2 
Static IP Injection2012 R2, 2012√ Note 1√ Note 1√ Note 1 √ Note 1 
Storage 
VHDX resize2012 R2   
Virtual Fibre Channel2012 R2√ Note 2 √ Note 2 √ Note 2 
Live virtual machine backup2012 R2√ Note 3, 4 √ Note 3, 4 √ Note 3, 4 
TRIM support2012 R2      
Memory 
Configuration of MMIO gap2012 R2 
Dynamic Memory – Hot Add2012 R2, 2012, 2008 R2      
Dynamic Memory – Ballooning2012 R2, 2012√ Note 5 √ Note 5 √ Note 5 
Video 
Hyper-V Specific  Video device2012 R2, 2012, 2008 R2   
Miscellaneous 
Key-Value Pair2012 R2, 2012, 2008 R2   
Non-Maskable Interrupt2012 R2 
PAE Kernel Support2012 R2, 2012, 2008 R2  


Matéria completa: http://corporate.canaltech.com.br/noticia/microsoft-openness/Windows-e-Linux-interoperabilidade-ampliada-com-Linux-Integration-Services-35

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Gigantes da Indústria - Documentário

A América não foi descoberta, foi construída. Os nomes Rockefeller, Vanderbilt, Carnegie, Astor, Ford e Morgan são sinônimos do chamado "sonho americano". Eles desenvolveram uma visão ousada e criaram grandes indústrias que foram base para o progresso no mundo. São indústrias de combustível, estradas de ferro, aço, transportes, automóvel e finanças. Eles estabeleceram políticas econômicas, se envolveram em eleições presidenciais, e sua influência sobre os acontecimentos mais importantes do século passado é incalculável.


Gigantes da Indústria - Ep 1 Começa outra Guerra [History Channel HD]


Gigantes da Indústria - Ep 1 Começa outra...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria Ep 2 Encontrando Petróleo [History Channel HD]


Gigantes da Indústria Ep 2 Encontrando...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria - Ep 3 Nasce a Rivalidade [History Channel HD]


Gigantes da Indústria - Ep 3 Nasce a Rivalidade...por DOCUMENTARIOSBM


Gigantes da Indústria - Ep 4 Derramamento de Sangue [History…