Pular para o conteúdo principal

Interface MIUI 7 chega em 27 de outubro



Sistemas e interfaces proprietários normalmente são má notícia para os usuários de Android, pois costumam significar uma redução no poder de processamento dos aparelhos e uma carga maior, e muitas vezes desnecessária, sobre eles. Mas esse não parece ser o caso da MIUI, a build customizada da Xiamoi para smartphones cuja nova versão tem lançamento marcado para o dia 27 de outubro.

Alardeada por usuários e pela própria fabricante como uma das melhores de sua categoria, a interface é desenvolvida de maneira extremamente próxima com os usuários. Muitas vezes, suas atualizações entregam exatamente aquilo que os clientes precisam, como é o caso da versão 7, que tem como grande destaque um sistema de otimização do plano de dados.

Prometendo uma economia de até 50% na banda dos usuários, a novidade foi aplicada de forma direcionada a alguns dos principais softwares utilizados no Android. No Instagram, por exemplo, a redução foi de 52% sem reduções no tempo de carregamento, enquanto no Google Chrome esse total varia entre 20% e 40% de acordo com os recursos da página que está sendo aberta.

Além disso, a fabricante promete novidades na interface e, acima de tudo, um funcionamento leve como sempre, de forma a não interferir na performance até mesmo dos aparelhos mais simples. E virão duas versões, uma voltada especificamente para o mercado chinês e outra para o restante do mundo.

A Xiaomi não falou necessariamente sobre lançamentos regionais, e como sempre, o lançamento de atualizações também pode depender de operadoras de telefonia. Mas a boa notícia é que os aparelhos da empresa disponíveis no Brasil também constam na lista de suporte para a atualização, que você pode conferir abaixo:
  • Mi Redmi 2
  • Mi Redmi 2 Pro
  • Mi Redmi 2 Prime
  • Mi Redmi Note 2
  • Mi 4c
  • Mi 4
  • Mi Note
  • Mi Note Pro
  • Mi Redmi Note
  • Mi Pad
  • Mi Mi 4i
  • Mi Mi 3
  • Mi Redmi 1
  • Mi Redmi 1S
  • Mi Mi 2
  • Mi Mi 2S

A MIUI 7 roda sobre a versão 5.1.1 Lollipop do Android e também traz sistemas para aumentar a vida útil da bateria. Automaticamente, o smartphone faz uma varredura dos aplicativos mais utilizados e reduz o poder de processamento disponível para os outros, de forma a focar os esforços naquilo que realmente importa e ampliar a autonomia pelo máximo de tempo possível.

O download é gratuito e deve ser liberado em ondas, de forma a permitir que todos os elegíveis façam o download sem problemas com os servidores.

Fonte: Xiaomi
Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/android/interface-miui-7-chega-em-27-de-outubro-51305

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br