Pular para o conteúdo principal

Ser Profissional de TI é a melhor profissão do mundo

Hoje vamos descobrir por que TI é a melhor profissão do mundo. No artigo anterior do autor, ao receber um feedback interessante: críticas, elogios, palavras de apoio, pessoas que se identificaram com a situação, alguém o mandando abandonar a profissão, outro que achou o artigo enorme, etc.
Mas enfim, escreveu o artigo de forma despretensiosa, apenas relatou o momento que estava vivendo naquele dia e gritou para o mundo ouvir, só que não esperava respostas. Então passou a receber emails, dezenas de pessoas começaram a adicionar no Linkedin, jovens pedindo conselhos, veteranos apoiando, coachs aconselhando, headhunters querendo marcar entrevistas entre outras coisas.
Mas o pior feedback que teve foi uma pessoa falando que estava desistindo de iniciar nesta carreira por causa do artigo, então percebeu o tamanho da responsabilidade de escrever algo e tornar público e a capacidade que temos de impactar pessoas.
Diante deste cenário resolveu escrever sobre o lado bom da profissão de TI. No artigo anterior em nenhum momento falou em abandonar ou desistir da carreira, apenas expôs de forma real, os problemas e frustrações da profissão. Agora vamos entender por que apesar dos problemas permanecemos trabalhando e apaixonados por TI.
amor-carreira-tecnologia-computador-informatica

Por que TI é a melhor profissão do mundo?

1. O poder do conhecimento
Sim, adoramos a sensação de saber mais que os outros, gostamos de ter várias pessoas nos procurando cheias de dúvidas para as quais temos as respostas. Tem sensação melhor que descobrirmos por que todo sistema da empresa parou?
Toda quela adrenalina, pressão, nó no estômago sabendo que a empresa ou seu negócio está tendo prejuízo, teu telefone não para de tocar, através do vidro você enxerga as pessoas se acumulando na sua porta como um episódio de Walking Dead.
Sua cabeça está a mil, seu navegador tem 37 abas abertas com possíveis soluções, seu olhos leem e filtram dezenas de textos ao mesmo tempo que você liga para vários fornecedores, eliminando todos os possíveis erros… De canto de olho você vê o que o pessoal do grupo de TI do WhatsApp respondeu.
Então você tem a solução e tudo volta a funcionar. A sensação é quase um orgasmo misturado com alívio… O telefone para de tocar, a notícia se espalha rapidamente, os zumbis que estavam na sua porta receberam o antídoto e começam a sumir um a um. Você relaxa na cadeira com um sorriso no rosto e pensa consigo mesmo: Sou muito foda!!
Então invés de documentar o problema e a solução, você vai ver um vídeo no Youtube, afinal depois deste caos todo você merece :P
Para um profissional de TI, um mau funcionamento não é uma dor de cabeça; é uma chance de brilhar.
2. O Status
Trabalhar com TI sempre foi sinônimo de inteligência, conhecimento e inovação, isso nos dá um certo status diante do resto das outras profissões. E quanto mais a tecnologia avança, quanto mais novidades surgem, mais aumenta nosso status.
Porém, hoje em dia temos que dar uma mexidinha nos nosso títulos, então colocamos nomes mais elaborados como: Business Inteligence (BI), Cientista, Analytics, DevOps, Cloud, Scrum, Developer, Certified, Security, Compliance, Network, System, etc.
Veja bem, não estou criticando. Eu mesmo uso e abuso destas palavras, são importantes para demonstrar que temos autoridade no assunto.
Mas ter status é legal! E na TI não precisamos usar um terno bonitão e ter um escritório bacana. Podemos ter isso usando jeans, uma camiseta do Star Wars e um notebook.
3. Conseguimos compreender melhor as coisas
Para as pessoas comuns, o tamanho dos arquivos que eles manipulam e a velocidade em que eles navegam na Internet pode ser um mistério, para nós é tão básico como conhecer o caminho de casa.
Tudo são dados, estes podem ser dissecados e analisados, conseguimos ver além do frontend, mesmo sendo tímidos e introspectivos entendemos por que somos assim. Temos um visão mais analítica da vida e compreendemos coisas que os outros nem sabiam que existiam.
Não sei se isso é bom ou ruim, se em certas circunstâncias a ignorância não seria melhor, mas somos assim e gostamos de ser assim.
4. Temos uma paixão pela tecnologia
Um profissional de TI é apaixonado por tecnologia, seja do passado ou presente, babamos por uma tecnologia nova, enquanto sentimos uma onda de nostalgia quando vemos uma unidade de disquete ou um zip drive.
5. Ser versátil
Um profissional de TI bem sucedido tem certamente um nicho. Mas, assim como todos no exército são soldados… Todos os profissionais de TI são suporte técnico. Eles podem se especializar em segurança na nuvem, gerenciamento de Big Data ou design de sites, mas todos podem resolver qualquer problema de tecnologia.
6. Sabemos como a tecnologia e os negócios se relacionam
Apesar dos recrutadores “padrão” insistirem que temos que conhecer o negócio, mal sabem eles que conhecer o todo do qual fizemos parte é o nosso dia a dia, temos muita curiosidade em saber como a tecnologia que gerenciamos afeta o negócio. O profissional de TI de hoje é tão confortável na sala de reuniões como na sala do servidor.
7. Podemos descrever de forma simples conceitos complexos de tecnologia
Não há dúvida de que os profissionais de TI falam em seu próprio idioma, mas os bem sucedidos podem diminuir a velocidade e explicar um problema e sua solução em termos que qualquer um pode entender e até mesmo ficar entusiasmado por fazê-lo.
6. Gostamos de aprender e transmitir conhecimento
Profissionais de TI bem-sucedidos estabelecem uma base sólida para o seu conhecimento de TI com estudo e certificações, depois aproveitam esse conhecimento e compartilham com outros, até mesmo ensinando.
7. Nos preocupamos com a segurança dos dados
Os profissionais de TI não querem apenas resolver um problema de segurança, eles querem saber tudo que ocorreu, é por isso que eles enfatizam a disciplina em suas tarefas. Um profissional de TI bem sucedido sabe que a primeira linha de defesa para manter sua empresa segura e eficiente é proteger contra o erro humano.
8. Crescimento de Carreira
O profissional de TI não precisa se preocupar em ficar obsoleto. Ainda não arranhamos a superfície da magnitude da tecnologia, todos os dias há novos avanços no campo da TI que requerem profissionais qualificados. Se você está achando ruim sua carreira, você precisa mudar seu olhar para o mundo da tecnologia.

Conclusão

As habilidades de resolução de problemas giram em torno de conviver com tecnologia e gostamos disso!
Alguns profissionais de TI podem não ser os melhores em relacionamento com clientes e colegas de trabalho, pois longas horas enfrentando uma tela de computador e a pressão por resolução de problemas podem diminuir o tempo de descanso e deixá-los irritados.
Independente da sua especialização, você trabalhará sob muita pressão. Se um sistema cair, toda a equipe de tecnologia não vai descansar até que tenham solucionado o problema. Todos vão sair no horário, mas o setor de TI terá que ficar, procurar todas as soluções possíveis para o problema e garantir que tudo esteja funcionando corretamente.
Mas não é bom ser a solução e não o problema?
A disposição e a capacidade de definir e arquitetar soluções para desafios aparentemente impossíveis, podem ampliar seus conhecimentos técnicos, aumentar sua compreensão de tecnologias específicas, aprofundar sua capacidade de resolução de problemas e quem sabe obter reconhecimento e elogios.
O amor ao desafio faz com que o profissional de TI elabore soluções enquanto está tomando banho em casa ou quando está sentado na frente da TV. Isso pode soar extremo, mas qualquer um que já fez isso entende que os pensamentos e inovações mais criativos vêm muitas vezes quando você está relaxado e fazendo outras coisas.
É o amor pelo desafio que mantém os problemas na mente.
Apesar dos contras, as carreiras de tecnologia continuam a ser o futuro. Há muito mais para aprender e descobrir neste campo que continuará a crescer por muitos anos.
Ser um profissional de TI ainda é um bom caminho para jovens talentosos e criativos ou para quem quer trocar de carreira.
E quanto ao salário? Daí complica um pouco… 
Uma abraço!
Este artigo foi publicado originalmente em Diário de TI.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

No filme o Livro de Eli, o personagem principal é cego?

Acho que o filme vale a pena, não só pela excelente fotografia, mas por alguns outros pontos. Eli pode ser cego sim. Ainda vou assistir mais uma vez o filme para confirmar, mas alguns detalhes são importantes para serem notados:
1) Cegos geralmente usam óculos de sol, portanto o fato de todo mundo usar, esconde um pouco o fato de ele usar.
2) Nem todos os cegos tem olhos do mesmo jeito. Se ele não for completamente cego, ele é o suficiente para ter que aprender Braile
3) Ele não olha para o sol e sim o sente em sua face.
4) Ele não encherga que a bateria de seu iPod está acabando? pq fica batendo nele?
5) Vai para o escuro lutar com os primeiros bandidos. Uma tremenda vantagem para quem é cego. Técnica muito usada pelo super-herói Demolidor.
6) Só atira qdo ouve de onde vem o tiro. Se ninguém atirar ele não revida.
7) Ele mata um passaro pelo som. É forçado ele acertar tudo, mas isso é para deixar a gente confuso.
Pois bem, só assisti uma vez, mas vou confirmar isso tudo na segunda. Acho qu…

Dica de configuração do CURA usando PLA

Essas são as configurações que eu fiz em minha impressora ANET A8 para imprimir no PLA.

Criei 2 perfis, um com média qualidade (0,2mm) e outro com alta qualidade (0,1mm).

Média Qualidade



 Alta Qualidade

Suporte para Notebook com tubos de PVC

Fonte: http://tecnicolinux.blogspot.com.br